Evo Morales tem pequena "tumoração" benigna na laringe, diz ministra da Saúde

La Paz, 7 mar (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, tem uma "tumoração" benigna de tamanho milimétrico na laringe, da qual será operado em abril em Havana assim que terminados os tratamentos de uma doença virótica e sinusite, informou nesta terça-feira a ministra da Saúde boliviana, Ariana Campesino.

Morales tem uma "tumoração muito pequena, benigna" que deixou sua voz rouca nas últimas semanas, disse Ariana.

"Foi encontrado um nódulo de entre um e dois milímetros de tamanho nas cordas vocais, na laringe, o que vai fazer com que se submeta a uma operação em abril (...) A informação dada pelos médicos é a de um nódulo benigno", afirmou a ministra.

Ariana explicou que o presidente boliviano não será operado imediatamente porque primeiro deve concluir os tratamentos para curar uma sinusite e uma infecção virótica.

O próprio Morales confirmou ontem em Havana que voltará a Cuba no início de abril para se submeter a uma pequena intervenção cirúrgica por um nódulo na garganta.

O presidente boliviano está em Cuba desde a última quarta-feira para tentar resolver seus problemas de saúde, após ter estado doente desde janeiro sem que cinco médicos, segundo as autoridades, conseguissem curá-lo na Bolívia.

No centro médico onde foi atendido em Havana, Morales recebeu a visita do presidente cubano, Raúl Castro, e no domingo deixou o hospital para participar das homenagens ao ex-líder venezuelano Hugo Chávez em Caracas, de onde voltou no mesmo dia a Cuba.

O retorno do líder boliviano a seu país está previsto para as próximas horas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos