Trump receberá primeiro-ministro iraquiano em duas semanas

Washington, 7 mar (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, receberá o primeiro-ministro iraquiano, Haider al Abadi, informou nesta terça-feira o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer.

Spicer afirmou em sua entrevista coletiva diária que a visita do primeiro-ministro iraquiano acontecerá em duas semanas, mas não especificou a data exata.

O anúncio da visita de Abadi acontece após o governo americano excluir o Iraque do novo decreto migratório anunciado na segunda-feira e enquanto Washington oferece pleno apoio às forças iraquianas em sua ofensiva contra o Estado Islâmico (EI).

O novo decreto mantém a proibição de entrar nos EUA por 120 dias os refugiados e retém a emissão de vistos durante 90 dias aos cidadãos de seis países de maioria muçulmana (Irã, Somália, Iêmen, Líbia, Síria e Sudão).

Trata-se uma lista que, no primeiro decreto emitido em janeiro e bloqueado nos tribunais, incluía o Iraque.

Funcionários americanos explicaram que agora o Iraque se comprometeu a melhorar os padrões de documentação com os quais seus cidadãos viajam aos EUA, e a executar no "tempo oportuno" os processos de repatriação de seus nacionais com ordens de deportação.

Atualmente, os EUA têm desdobrados cerca de cinco mil soldados no Iraque para apoiar e treinar as tropas curdas e iraquianas, que retomaram parte do território que os jihadistas do EI tinha conseguido controlar em 2014, entre eles a maior parte de Mossul, a segunda maior cidade do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos