Unicef acredita que medidas migratórias dos EUA serão temporárias

Nova York, 7 mar (EFE).- O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) acredita que as novas medidas migratórias anunciadas pelo governo dos Estados Unidos serão temporárias e que o país manterá sua tradição de proteger os que buscam refúgio escapando de conflitos bélicos.

"Toda criança merece viver em segurança", afirmou, em comunicado, o diretor-executivo do Unicef, Anthony Lake.

O governo dos Estados Unidos anunciou ontem uma revisão das medidas migratórias de janeiro e que, entre outros pontos, proíbe a entrada de refugiados ao país durante 120 dias, a fim de reforçar os procedimentos de segurança.

"As crianças refugiadas que fogem da violência e do terror necessitam mais que nunca do nosso apoio", defendeu Lake, lembrando que elas "estão entre as crianças mais vulneráveis e traumatizadas do mundo".

"Confiamos que as medidas do decreto executivo (assinado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump) serão temporárias e que os Estados Unidos continuarão com sua longa tradição de proteger às crianças que fogem da guerra e da perseguição", acrescentou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos