Avalanches matam 2 pessoas e deixam 2 desaparecidas nos Alpes franceses

Paris, 8 mar (EFE).- Avalanches ocorridas nesta terça-feira causaram a morte de duas pessoas que faziam descidas fora de pista em estações de esqui dos Alpes na França, e outras duas pessoas seguem desaparecidas nesta quarta-feira, mas teme-se que também tenham perdido a vida.

Em um destes deslizamentos, o corpo de um holandês que praticava snowboard em uma área fora de pista da estação de Valfréjus, nos Alpes franceses, foi recuperado ontem à noite pelos serviços de resgate, que nesta manhã ainda buscavam os outros dois amigos que estavam com ele, informaram à Agência Efe fontes da Gendarmaria.

Agentes do Pelotão de Gendarmaria de Alta Montanha (PGHM, sigla em francês) de Modane se deslocaram em helicóptero no início da manhã até o local do acidente para tentar encontrar os dois jovens, mas um porta-voz disse à Efe que "há muitas possibilidades" de que estes também estejam mortos sob a neve.

Os trabalhos de busca dos gendarmes foram suspensos ontem à noite depois que o corpo de um dos membros do trio de jovens, que tinham entre 20 e 25 anos, foi encontrado.

A avalanche aconteceu em uma passagem conhecido como Le Seuil, fora das pistas de Valfréjus, que é considerada perigosa, em particular atualmente (com um nível 4 de risco de avalanche de um máximo de 5), já que há uma grossa camada de neve acumulada e instável após as fortes precipitações dos últimos dias.

Segundo a emissora "France Bleu Pays de Savoie", um dos três holandeses - que não portavam equipamentos de detecção de vítimas de avalanches - enviou uma mensagem por telefone a um amigo que tinha ficado na estação por volta das 16h locais (12h de Brasília) para alertá-lo que estavam perdidos.

Acredita-se que a avalanche aconteceu uma hora depois, mas a Gendarmaria de Modane não foi avisada pelo companheiro que recebeu a mensagem antes de 19h30 (15h30 de Brasília).

Após encontrarem o primeiro corpo, os gendarmes decidiram suspender o trabalho pelo alto risco de novas avalanches.

Por outro lado, um homem morreu ontem ao ser arrastado pela neve quando esquiava entre as pistas de Risoul e Vars, no departamento de Altos Alpes, indicou à Efe uma porta-voz da prefeitura (delegação do governo).

Seu corpo foi recuperado ontem pelos agentes do PGHM, indicou a porta-voz, que não informou a nacionalidade do esquiador.

Ontem, outra avalanche arrastou vários esquiadores dentro das pistas da estação francesa de Tignes, também nos Alpes, mas, após momentos de incerteza, os serviços de resgate conseguiram comprovar que não havia vítimas.

No dia 13 de fevereiro, três integrantes de uma família e o guia que os acompanhava em uma excursão morreram por causa de uma avalanche quando caminhavam fora da pista nas proximidades da estação de Tignes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos