Ciclone tropical Enawo deixa três mortos em Madagascar

Johanesburgo, 8 mar (EFE).- A chegada do ciclone tropical Enawo provocou até o momento a morte de pelo menos três pessoas em Madagascar e destruiu cerca de 500 casas no nordeste da ilha, informou nesta quarta-feira o jornal local "L'Express".

Os três mortos são uma criança de 5 anos, um adolescente de 15 e um adulto, segundo o balanço do Escritório Nacional para a Gestão de Catástrofes, que pode aumentar à medida que são recopilados mais dados e o ciclone avança rumo ao oeste e o sul do país nos próximos dias.

Pelo menos quatro escolas foram destruídas por Enawo e várias pessoas ficaram feridas.

O ciclone entrou na terça-feira pela costa leste de Madagascar acompanhado de fortes chuvas, ventos constantes de mais de 200 km/h e sequências de até 300 km/h, que vão diminuindo, sem desaparecer, à medida que o fenômeno meteorológico se desloca.

As autoridades declararam alerta vermelho em várias zonas do país, um dos mais pobres e mais vulneráveis perante catástrofes naturais do mundo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos