CIA responde Assange e afirma que ativista não é exemplo de "verdade"

Washington, 9 mar (EFE).- A CIA (agência de inteligência dos Estados Unidos) respondeu nesta quinta-feira o fundador do portal Wikileaks, Julian Assange, e declarou que o ativista australiano não é nenhum exemplo "de verdade e integridade".

"Apesar dos esforços de Assange e os de sua classe, a CIA continua colhendo agressivamente informação de inteligência no exterior para proteger os Estados Unidos de terroristas, nações hostis e outros adversários", afirmou em um breve comunicado a porta-voz da CIA, Heather Fritz Horniak.

A CIA respondeu assim à entrevista coletiva dada hoje via internet por Assange, que assegurou que a agência americana "perdeu o controle de todo seu arsenal de armas cibernéticas", que poderiam estar no mercado negro à disposição de hackers de todo o mundo.

O portal Wikileaks, dirigido por Assange, vazou nesta semana milhares de documentos que descrevem um suposto programa secreto da agência americana destinado a invadir, mediante um sofisticado software, smartphones e computadores conectados à internet.

O Wikileaks afirmou que seus documentos revelam que a CIA tinha conseguido driblar os protocolos de segurança de uma ampla categoria de empresas e produtos de Europa e Estados Unidos, como o iPhone, os telefones Android e até televisores da Samsung, que supostamente podem se transformar em microfones encobertos.

Em sua entrevista coletiva de hoje, Assange, refugiado desde 2012 na embaixada do Equador em Londres, qualificou como "devastador ato de incompetência" da CIA o fato que se tenha distribuído o software destinado a invadir computadores, telefones e televisões inteligentes.

Até agora, a CIA se negou a comentar sobre a autenticidade dos supostos documentos de inteligência revelados pelo Wikileaks e defendeu que, parte de sua missão para proteger os americanos, é ser "inovadora" na hora de colher informação de inteligência no exterior.

Além disso, a CIA voltou a lembrar hoje que está proibida por lei de realizar espionagem eletrônica em território americano ou sobre americanos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos