Confronto entre dois grupos étnicos na Nigéria deixa ao menos 60 mortos

Abuja, 9 mar (EFE).- Pelo menos 60 pessoas morreram em um confronto entre dois grupos étnicos na cidade de Ifé, no sudoeste da Nigéria, o que levou o governo a declarar toque de recolher na região, informaram nesta quinta-feira à Agência EFE fontes policiais.

O confronto ocorreu na noite de ontem, após uma discussão entre um homem e uma mulher que derivou em uma sangrenta disputa.

Dezenas de pessoas ficaram gravemente feridas e estão sendo tratadas no hospital da cidade, por isso que o número de vítimas mortais pode aumentar.

Embora a situação já tenha se acalmado, o toque de recolher, que obriga os cidadãos a permanecerem em seus lares entre 18h e 7h, permanecerá em vigor até sábado.

Os confrontos étnico-religiosos são frequentes nesta região da Nigéria, onde morreram milhares de pessoas nos últimos anos.

A luta pela apropriação dos recursos naturais entre pastores muçulmanos e granjeiros cristãos é uma das principais causas da violência, em disputas por água e pasto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos