Incêndio em abrigo para crianças deixa 22 mortos e 38 feridos na Guatemala

(Atualiza com nova morte).

Guatemala, 8 mar (EFE).- Um incêndio deixou 22 mortos e 38 feridos nesta quarta-feira em um abrigo para menores na Guatemala, quando meninas protestavam contra os abusos sexuais e físicos que sofrem.

Uma fonte hospitalar informou à Agência Efe sobre a última morte, enquanto a secretária-geral do Ministério Público (MP), Mayra Véliz, disse que das primeiras 19, 17 foram por queimaduras e investigam as causas das outras duas.

Segundo as primeiras investigações, o fogo foi originado pelas próprias meninas em colchões do abrigo Hogar Seguro Virgen de la Asunción, situado no município de San José Pinula.

Supostamente, as menores feridas e mortas estavam protestando contra os abusos sexuais e físicos que sofrem no abrigo, justamente na quarta-feira, quando é comemorado o Dia Internacional da Mulher.

Embora as funcionárias tenham tentado apagar as chamas com vários extintores, o fogo se propagou rapidamente.

Um total de 41 feridas foram resgatadas no início, porém três delas faleceram, dois no hospital San Juan de Dios, aonde chegaram 17, e outra no Roosevelt, que recebeu 24, segundo confirmaram à Efe.

As 38 menores que permanecem internadas se encontram, quase em sua totalidade, em estado grave, com queimaduras de 2°, 3° e 4° graus, e apenas algumas foram identificadas, por isso as autoridades dos hospitais pedem a colaboração das famílias.

O abrigo já se envolveu em polêmica no ano passado, quando pelo menos 47 jovens fugiram, o que levou a secretaria da presidência encarregada da guarda e da custódia a destituir o então diretor.

O centro, de responsabilidade da Secretaria de Bem-estar Social, há 748 menores internados, embora sua capacidade seja de 400, e por conta da tragédia o governo destituiu o diretor e decretou luto oficial de três dias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos