Justiça emite mandados de detenção para 2 suspeitos dos ataques de Paris

Paris, 9 mar (EFE).- Os juízes de instrução encarregados dos casos relativos aos atentados jihadistas de 13 de novembro de 2015 na França emitiram em dezembro do ano passado mandados de detenções para dois novos suspeitos, confirmaram nesta quinta-feira à Agência Efe fontes judiciais.Trata-se de Oussama Atar, um belga-marroquino de 32 anos considerado nexo de união das células que atentaram em Paris a partir de Bruxelas, e o tunisiano Sofien Ayari, um jovem de 23 anos detido em 18 de março de 2016 em Molenbeek (Bruxelas), ao mesmo tempo que Salah Abdeslam, o único dos terroristas que participaram desses ataques que segue vivo, e atualmente está preso.

As autoridades suspeitam que Atar esteja escondido na Síria, enquanto Ayari está detido na Bélgica.

Incluindo ambos, já são 14 os suspeitos procurados pela Justiça francesa dentro da investigação dos atentados de 13 de novembro de 2015, quando 130 pessoas morreram em Paris e Saint-Denis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos