Polícia confirma identidade de morto na Malásia como sendo Kim Jong-nam

Em Bancoc

  • Joongang Sunday/AFP

    Kim Jong-nam, filho do primeiro casamento de Kim Jong-il

    Kim Jong-nam, filho do primeiro casamento de Kim Jong-il

A polícia da Malásia confirmou nesta sexta-feira (10) que Kim Chol, o norte-coreano assassinado no último dia 13 de fevereiro no aeroporto de Kuala Lumpur, é Kim Jong-nam, o irmão mais velho do líder do regime da Coreia do Norte, Kim Jong-un.

O chefe da Polícia malaia, Khalid Abu Bakar, não quis dizer durante uma entrevista coletiva à imprensa em Kuala Lumpur como foi confirmada a identidade da vítima, após as autoridades insistirem nas últimas semanas que eram necessários testes de de DNA para conseguir a verificação definitiva.

Kim Jong-nam tinha entrado na Malásia vindo de Macau com um passaporte no nome de Kim Chol.

Segundo Abu Bakar, os exames para identificar a vítima foram concluídos e o corpo será entregue ao Ministério da Saúde, que terá que decidir o que fazer com ele caso nenhum familiar se manifeste para levá-lo.

Câmera de segurança mostra o ataque a Kim Jong-nam no aeroporto

  •  

O ministro da Saúde da Malásia, S. Subramaniam, afirmou à imprensa no dia 26 de fevereiro que o irmão mais velho do líder norte-coreano morreu após ser atacado com o agente VX, uma arma química letal de uso muito restrito.

"A quantidade de VX (no corpo) era tão alta que afetou seu coração e seu pulmão", afirmou o ministro.

A investigação realizada pela Malásia criou um conflito diplomático entre o regime norte-coreano, que reivindica o corpo, e o governo de Putrajaya, que quer continuar os procedimentos estabelecidos por suas leis.

Já as autoridades da Coreia do Sul atribuem o assassinato a agentes norte-coreanos.

O primeiro-ministro malaio, Najib Razak, escreveu nesta sexta-feira em seu blog que "a Malásia sempre manteve boas relações com todos os países. No entanto, isto não quer dizer que possam tirar proveito da hospitalidade malaia (...) e violar nossas leis".

Razak descartou romper as relações diplomáticas com a Coreia do Norte e aposta em uma solução via diálogo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos