Rainha Paola da Bélgica deixa o hospital onde ficou 3 semanas internada

Bruxelas, 10 mar (EFE).- A rainha Paola da Bélgica, mãe do atual rei Filipe, deixou nesta sexta-feira o hospital no qual permaneceu internada durante três semanas por causa uma fratura de quadril, informou o Palácio Real.

"Os médicos que trataram a rainha Paola estimaram que os resultados da operação cirúrgica realizada em 17 de fevereiro eram muito favoráveis e que a rainha tinha recuperado suficiente autonomia para andar e fazer os movimentos da vida cotidiana", disse o informativo.

A rainha, que em setembro completará 80 anos, deixou o hospital com destino ao Castelo de Belvedere, uma das residências da família real belga situada nos arredores da capital, onde "seguirá uma reeducação intensiva de quadril e de sua fratura vertebral".

O incidente no quadril representou a segunda internação da rainha em uma clínica neste ano, após um primeiro percalço por uma fratura vertebral.

A rainha Paola já precisou passar por um período de repouso total em 2015, quando o Palácio Real anunciou que ela sofria de arritmia cardíaca.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos