Polícia da Holanda impede ministra turca de chegar a consulado em Roterdã

Haia, 11 mar (EFE).- O comboio de carros que levava a ministra de Assuntos Familiares da Turquia, Fatma Betül Sayan Kaya, ao consulado do país em Roterdã para participar de um comício sobre o referendo convocado por Ancara foi parado pela polícia da Holanda.

Em imagens transmitidas pela imprensa local é possível ver dezenas de policiais impedindo que a ministra chegue à rua onde fica o consulado de seu país em Roterdã. Os agentes obedeciam ordens do prefeito da cidade, Ahmed Aboutaleb, que determinou que a região fosse completamente fechada.

"É uma situação realmente incrível. Planejamos uma viagem por Holanda e Alemanha. Não temos nenhuma intenção de interferir nos assuntos internos de nenhum país. Isso é uma atitude antidemocrática", disse em entrevista a uma emissora turca.

"Estamos a 30 metros do consulado. Nos proibiram de entrar. Os cidadãos darão a resposta necessária no dia 16 de abril (data do referendo). Quero que nossos cidadãos digam 'sim'", completou.

Minutos antes do comboio de Fatma ser barrado, o primeiro-ministro da Holanda, Mark Rutte, afirmou que os ministros turcos não estão impedidos de entrar do país, mas sim de participar de atividades políticas no território holandês.

"Ela parece ter intenção de fazer um discurso político. E não pode faze-lo. Estamos trabalhando para resolver isso", disse Rutte.

A ministra turca pretendia buscar apoios para o referendo constitucional turco do próximo dia 16 de abril, que decidirá se os poderes executivos do país, Recep Tayyip Erdogan, serão ampliados.

Enquanto isso, manifestações contrárias e favoráveis à presença de políticos turcos em atos de campanha na Holanda estão sendo realizadas em Roterdã.

Mais cedo, o governo da Holanda impediu a aterrissagem do avião do ministro das Relações Exteriores da Turquia, que participaria de um comício em Roterdã. Fatma entrou no país por uma estrada na fronteira com a Alemanha.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos