Comitê do Congresso pede que Trump apresente provas sobre grampos de Obama

  • REUTERS/Jack Gruber

    Trump e Obama, durante a posse do atual presidente dos Estados Unidos

    Trump e Obama, durante a posse do atual presidente dos Estados Unidos

O Comitê de Inteligência da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos pediu à Casa Branca neste domingo (12) que o presidente Donald Trump apresente nesta segunda-feira (13) provas sobre a denúncia feita por ele sobre a instalação de grampos na Trump Tower de Nova York por ordem do ex-presidente Barack Obama.

O jornal especializado "The Hill" informou que o presidente do comitê, o republicano Devin Nunes, e o democrata Adam Schiff estabeleceram a data para a apresentação das provas.

Trump está mantendo distância da imprensa desde o fim de semana passado, quando acusou Obama de ter instalado dispositivos de vigilância na Trump Tower antes das eleições de novembro.

O presidente não forneceu provas sobre o assunto. Um porta-voz de Obama negou que ele ou qualquer funcionário da Casa Branca tenha ordenado grampos nas comunicações do então candidato republicano.

A Casa Branca pediu que esses grampos sejam incluídos como parte da investigação sobre a interferência da Rússia nas eleições presidenciais, um movimento que, para muitos, é uma distração sobre o papel do Kremlin no pleito.

Mais cedo, o influente senador republicano John McCain pediu ao presidente que apresente as provas que baseiam a denúncia ou que peça desculpas pelas acusações que fez a Obama.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos