José Sócrates presta depoimento contra campanha "delirante, absurda e falsa"

Lisboa, 13 mar (EFE).- O ex-primeiro-ministro de Portugal, o socialista José Sócrates, afirmou nesta segunda-feira, em sua chegada à sede judicial na qual será interrogado pela Procuradoria, que vai se defender do que definiu como uma campanha de insinuações contra ele "delirante, absurda e falsa".

"Venho para me defender", disse o ex-mandatário luso, após ressaltar que os responsáveis pela investigação do caso no qual está envolvido, em qualidade de suspeito de corrupção, fraude e lavagem, parecem querer "transformar qualquer diligência em espetáculo".

Só usa estes tipos de métodos "que ferem a credibilidade quem está inseguro", denunciou durante sua chegada à sede do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) da Procuradoria.

Seu interrogatório, o terceiro ao qual é submetido desde que explodiu a batizada "Operação Marqués" em novembro de 2014, ocorre faltando quatro dias para que termine, nesta sexta-feira, o prazo anunciado para que seja feita uma acusação formal.

Além de Sócrates, que antecipou que responderá a todas as perguntas que forem formuladas, também foi chamado a prestar depoimento o empresário Carlos Santos Silva, amigo pessoal de Sócrates que é considerado seu testa-de-ferro.

Com esta nova rodada de interrogatórios, a Pocuradoria espera concluir a investigação que envolve um total de 25 suspeitos, 19 pessoas e 6 empresas, nesta causa.

O caso foi revelado em novembro de 2014, quando o ex-chefe do governo luso entre 2005 e 2011 foi detido no aeroporto de Lisboa por suspeitas de corrupção, lavagem de capitais e fraude fiscal.

Sócrates passou mais de nove meses em prisão preventiva à espera da acusação formal, adiada pela Procuradoria várias vezes ao entender que a investigação não tinha finalizado.

As filtragens à imprensa apontam que Sócrates era dono de uma fortuna de mais de 20 milhões de euros escondidos em uma complexa trama de contas bancárias no exterior, com a ajuda de testas-de-ferro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos