Presidente da Nigéria retorna ao trabalho após um mês em tratamento médico

Abuja, 13 mar (EFE).- O presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, retomou nesta segunda-feira a exercer suas funções após passar mais de um mês em Londres para receber tratamento médico por uma doença ainda não revelada.

O porta-voz governamental, Femi Adesina, informou que o líder mandou uma carta ao parlamento para comunicar que a partir de hoje retoma suas funções à frente do executivo.

Na última sexta-feira, Buhari, de 74 anos, retornou a Abuja com uma aparência bastante abatida e foi recebido por altos funcionários do governo e alguns familiares.

Pela primeira vez, o presidente nigeriano explicou que sua ausência do país se deveu a uma doença, embora não tenha dado mais detalhes a respeito, apesar dos vários rumores nas últimas semanas sobre seu estado de saúde.

No dia 19 de janeiro, Buhari indicou que viajaria a Londres para receber tratamento médico durante duas semanas, embora depois tenha estendido sua estadia para se submeter a mais exames.

Durante sua ausência, o vice-presidente, Yemi Osinbajo, ocupou seu cargo interinamente.

Buhari foi eleito presidente da Nigéria nas eleições de 2015, quando superou o então líder, Goodluck Jonathan, em uma vitória histórica, já que era a primeira vez que um partido da oposição chegava ao poder no país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos