Água chega à estação de bombeamento de Aleppo após meses sem fornecimento

Cairo, 14 mar (EFE).- A água chegou nesta terça-feira à estação de bombeamento de Suleiman al Halabi, na cidade de Aleppo, a maior do norte da Síria, após meses no corte do fornecimento, informaram os meios de comunicação oficiais e ativistas.

Segundo a agência de notícias estatal síria "Sana", o ministro de Recursos Hídricos Nabil al-Hassan anunciou a chegada de água à Suleiman al Halabi, como prelúdio ao reatamento do bombeamento às casas.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos confirmou estes dados e acrescentou que espera que o abastecimento aos bairros residenciais de Aleppo seja restabelecido nas próximas horas.

Desde 14 de janeiro, não chega água a Aleppo devido à interrupção do fornecimento ocasionado pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI), que controlava até semana passada a usina hidrelética de Al Jafsa, a 80 quilômetros ao leste de Aleppo.

Desde essa estação, era bombeada água do rio Eufrates à cidade, mas não era feito de forma direta às casas, porque primeiro passava pela usina de Suleiman al Halabi, dentro de Aleppo, cidade que está dominada totalmente pelos soldados governamentais sírios desde princípios de ano.

As autoridades retomaram ontem, segunda-feira, o bombeamento desde Al Jafsa, após arrebatar há uma semana do EI o controle da estação nessa zona.

A água foi usada como arma de guerra pelas distintas partes do conflito na Síria, que completa seis anos amanhã.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos