EUA pedem que Turquia e Holanda contenham acusações e resolvam diferenças

Washington, 14 mar (EFE).- Os Estados Unidos pediram nesta terça-feira que Turquia e Holanda contenham a "escalada de retórica" que protagonizaram nos últimos dias e se tratem com "respeito" para "resolver suas diferenças", mas evitou culpar um dos países em particular pelo conflito diplomático entre as duas nações.

"Este é um assunto bilateral entre os governos da Holanda e da Turquia. Ambos são aliados na Otan, e pedimos que evitem uma escalada de retórica, dialoguem entre si com respeito mútuo e tratem de resolver as diferenças sobre este assunto", disse o porta-voz interino do Departamento de Estado, Mark Toner.

Durante uma entrevista coletiva por telefone, Toner não quis culpar nenhum dos dois países pelas tensões e se limitou a indicar que os EUA "trabalham com esses dois países" em muitos assuntos e querem ambos "se deem bem".

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, acusou a Holanda e a Alemanha de práticas nazistas e fascistas, por impedir que ministros turcos discursassem em comícios para pedir a seus compatriotas imigrantes nesses países que apoiem uma reforma constitucional que entregaria a Erdogan todo o Poder Executivo.

A tensão com a Holanda explodiu no último sábado, quando a polícia holandesa reteve em Roterdã uma ministra turca e dissolveu uma manifestação a seu favor, o que provocou a decisão da Turquia de proibir voos diplomáticos holandeses.

Erdogan lançou nesta terça-feira novas críticas contra a Holanda, ao acusar o país de "terrorismo de Estado" e de ter uma "personalidade perversa" por seu suposto envolvimento no massacre de Srebrenica, na guerra da Bósnia, em 1995.

O líder turco também pediu que os muçulmanos residentes na Holanda não votem nos partidos do governo, um dia antes das eleições nacionais do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos