Justiça francesa investiga viagem de Macron como ministro

(Acrescenta comunicado de Macron)

Paris, 14 mar (EFE).- A promotoria de Paris abriu uma investigação sobre uma noite na qual o candidato presidencial Emmanuel Macron se reuniu com empresários franceses em Las Vegas, nos Estados Unidos, quando era ministro da Economia da França, disseram fontes judiciais à Agência Efe nesta terça-feira.

A reunião remonta ao dia 6 de janeiro de 2016, quando Macron se encontrou com dirigentes de diversas empresas emergentes francesas no Consumer Electronics Show (CES) na cidade americana.

Nessa noite, segundo o semanário satírico "Le Canard Enchaîné" revelou no dia 7 de março, foi contratado sem licitação o grupo Havas pela Business France, organização de promoção da tecnologia francesa dependente do Ministério da Economia, à época dirigido por Macron. O custo total chegou a 381.759 euros, dos quais 100 mil euros foram dedicados à hospedagem.

Fontes judiciais detalharam que a investigação foi aberta após as disfunções detectadas pela Inspeção Geral de Finanças nas condições da organização desse evento, que foi batizado com o nome de "French Tech Night".

As pesquisas foram ao Escritório Central de Luta contra as Infrações Financeiras e Fiscais (OCLCIFF), segundo a emissora "France Inter", e deverão determinar se Business France poderia escolher a Havas sem uma licitação.

O atual candidato destacou no dia que soube do caso que seu Ministério sempre respeitou as regras nas licitações e pediu que sejam comprovados os fatos, enquanto seu entorno afirmou que ele não se vê envolvido nessas suspeitas.

O movimento político liderado por Macron, "Em Andamento!", ressaltou em comunicado que a investigação não concerne nem a Macron "nem a nenhum membro de seu gabinete".

"A Business France afirmou que era a única responsável pela organização desse ato e da comunicação", acrescenta o comunicado, que enfatiza que serão adotadas ações judiciais contra qualquer pessoa que insinue que Macron poderia ter uma responsabilidade pessoal na decisão tomada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos