Pesquisa dá vantagem a candidato governista em eleição no Equador

Em Quito

  • Rodrigo Buendia/AFP Photo

    Lênin Moreno teria 51% das intenções de voto, contra 36% de Guilherme Lasso

    Lênin Moreno teria 51% das intenções de voto, contra 36% de Guilherme Lasso

O candidato governista à presidência do Equador, Lênin Moreno, mantém uma vantagem de 15 pontos percentuais sobre o opositor Guillerme Lasso no segundo turno das eleições que serão realizadas no próximo dia 2 de abril, indicou uma pesquisa divulgada nesta terça-feira (14) pela empresa Perfis de Opinião.

A diretora da empresa, Paulina Recalde, indicou em entrevista à "Rádio Pública" que Moreno tem 51% das intenções de voto, contra 36% de Lasso. A pesquisa foi efetuada em 23 das 24 províncias do país, com entrevistados maiores de 16 anos. A margem de erro é de 1,3 ponto percentual.

A Perfis de Opinião disse que a empresa realizará outras pesquisas, que podem ser divulgadas até dez dias antes do pleito, nos próximos dias para comprovar a tendência de votos.

Recalde disse que, segundo a pesquisa, ainda há 13% de indecisos, mas ressaltou que é possível notar entre a população uma situação de "tomada de posição" em relação às diferenças dos candidatos. Há uma alta politização e uma "sorte de disputa política nos mais diversos espaços", incluindo as famílias.

No próximo dia 2 de abril, os equatorianos elegerão Moreno ou Lasso como futuro presidente do país. O vencedor substituirá em maio o esquerdista Rafael Correa, que ficou uma década no poder.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos