Piratas somalis sequestram navio petroleiro de bandeira do Sri Lanka

Nairóbi, 14 mar (EFE).- Piratas da Somália sequestraram na segunda-feira um navio petroleiro com oito homens a bordo e bandeira do Sri Lanka, segundo fontes oficiais somalis citadas nesta terça-feira por veículos de imprensa do país africano.

O navio foi atacado por oito homens armados, que depois o conduziram até a costa do Oceano Índico, na região de Puntlândia.

Segundo as primeiras informações, o navio, que leva o nome de Aris 13, pertence a uma empresa com sede nos Emirados Árabes Unidos (EAU).

O sequestro foi comunicado pela tripulação com uma mensagem enviado à companhia.

A segurança para as embarcações nesta parte do oceano tem melhorado substancialmente nos últimos anos, depois que a pirataria ao largo da costa da Somália atingiu seu pico entre 2010 e 2012.

Um dos fatores para a diminuição do número de sequestros é a Operação Atalanta, que foi iniciada em 2008 sob a Política de Defesa e Segurança Comum da União Europeia.

Nos últimos anos, marinheiros europeus que participam da Operação Atalanta, prenderam e julgaram mais de 150 piratas, além de abortar vários sequestros e reduzir significativamente os ataques a navios na região.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos