Maduro chama Almagro de "inepto" e diz que não aceitará ameaças à Venezuela

Caracas, 15 mar (EFE).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, chamou o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, de "inepto" e afirmou que não aceitará ameaças contra o governo após o diplomata uruguaio ter publicado um relatório crítico sobre a situação no país.

"Não vamos ficar calados nem de braços cruzados frente às agressões do secretário-geral, deste traidor e inepto chamado Luis Almagro. Ninguém ameaça a Venezuela, menos ainda esse lixo de ser humano", afirmou Maduro durante um ato de governo em Miranda.

O presidente indicou que seu governo responderá com firmeza o relatório de Almagro, que denunciou a situação no país e pediu que a Carta Democrática da OEA seja invocada para suspender a Venezuela do órgão, medida que precisa a aprovação de dois terços dos 34 Estados-membros.

"Vai haver surpresas. Responderemos em todos os planos, no político, no diplomático e em outros para defender a dignidade da Venezuela e porque temos a razão", completou o presidente.

Maduro disse que, durante os últimos 70 anos, a OEA validou invasões, intervenções e guerras na América Latina e no Caribe, sem ter feito nada para melhorar as condições sociais de nenhum país do continente.

No texto apresentado ontem pelo secretário-geral da OEA, uma atualização de outro documento publicado por ele em 31 de maio de 2016, Almagro indica que, para evitar a suspensão e retomar o rumo institucional, a Venezuela deve convocar eleições gerais nos próximos 30 dias.

A chanceler da Venezuela, Delcy Rodríguez, disse hoje que Almagro lidera o movimento contrário ao diálogo político no país porque chama a oposição a não conversar com o governo e faz uma campanha internacional contra essas reuniões.

Por outro lado, o duas vezes candidato à presidência e opositor Henrique Capriles afirmou que as condições para a aplicação da Carta Democrática estão dadas e pediu que todas as organizações internacionais protejam os cidadãos venezuelanos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos