Explosão de cratera do Etna deixa dez turista feridos

Roma, 16 mar (EFE).- Dez pessoas ficaram feridas nesta quinta-feira após a explosão de uma cratera do vulcão Etna, na ilha da Sicília (sul da Itália), e seis delas foram hospitalizadas, segundo informou a imprensa local.

Os feridos são turistas que estavam visitando um das crateras da encosta sudeste do vulcão e seis deles foram transferidos aos hospitais de Catânia e de Acireale.

A explosão aconteceu quando a lava entrou em contato com um bloco de neve que tapava a cratera e os turistas foram atingidos por lascas de pedras expelidas.

Essa explosão após dois dias em que o vulcão entrou em uma nova fase de erupção, uma atividade que está sendo controlada pelo Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV).

Este órgão divulgou imagens nas quais é possível apreciar as explosões de lava e de cinza em uma cratera da encosta sudeste do vulcão, que alcançam os 200 metros de altura.

O Etna, que com seus 3.322 metros de altura, é o vulcão mais ativo da Europa, está situado na parte oriental da ilha da Sicília, entre as províncias de Messina e Catânia, e sua última erupção ocorreu em 28 de fevereiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos