Justiça absolve Bill de Blasio de acusações de irregularidades em campanha

Nova York, 16 mar (EFE).- Os procuradores federais e estaduais que investigam as finanças da campanha do prefeito de Nova York, Bill de Blasio, anunciaram nesta quinta-feira que não apresentarão nenhuma acusação contra o dirigente democrata.

A decisão representa um grande respaldo para De Blasio, que tentará a reeleição em novembro.

Durante mais de um ano, as autoridades analisaram possíveis irregularidades na Prefeitura e acusações de que a equipe de governo teria favorecido pessoas ou entidades que respaldaram com fundos sua campanha eleitoral.

De Blasio defendeu o tempo todo que sua ação sempre foi feita de acordo com a legalidade.

"Isto confirma o que eu e todos meus colegas estivemos dizendo", disse o prefeito em uma primeira reação, durante uma entrevista à emissora "WNYC".

A Procuradoria Federal do Distrito Sul de Nova York anunciou sua decisão de não apresentar acusações em um breve comunicado, algo pouco habitual quando uma investigação é não conclusiva, mas que nesta ocasião considerou necessário para não afetar de forma indevida a campanha pela Prefeitura que ocorrerá neste ano.

"Após uma cuidadosa deliberação, dado o conjunto das circunstâncias e a ausência de provas adicionais, não temos intenção de apresentar acusações federais contra o prefeito ou os que atuaram em seu nome", disse o procurador federal interino, Joon H. Kim, que substitui Preet Bharara, tirado do cargo na semana passada pelo governo de Donald Trump.

Kim disse que seu escritório investigou a fundo as possíveis conexões entre as doações que De Blasio recebeu durante sua campanha e possíveis favores desde a prefeitura.

A procuradoria de Manhattan, que investigou o caso em paralelo, também anunciou hoje que não apresentará acusações.

Em carta, o procurador Cyrus Vance deu a entender que a equipe do prefeito poderia ter violado certas regras e ressaltou que a decisão não representa um respaldo das ações.

No entanto, considerou que não há possibilidades de perseguir as possíveis irregularidades perante a Justiça, em parte porque a equipe municipal seguiu sempre o conselho de advogados.

De Blasio venceu as eleições municipais de 2013, recuperando a Prefeitura para os democratas com uma mensagem progressista e centrado na luta contra a desigualdade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos