Merkel diz esperar retomada de negociação sobre tratado comercial UE-EUA

Washington, 17 mar (EFE).- A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, expressou nesta sexta-feira seu desejo de que o presidente americano, Donald Trump, considere reabrir a negociação sobre o tratado de livre-comércio e investimentos (TTIP) entre a União Europeia (UE) e os Estados Unidos.

"Espero que possamos reabrir as conversas sobre o TTIP", disse Merkel em entrevista coletiva na Casa Branca ao lado de Trump.

Merkel disse a Trump que a UE acaba de fechar um acordo de livre-comércio com o Canadá, conhecido como CETA e recentemente aprovado pelo parlamento europeu, e manifestou sua vontade de que em breve possam ser retomadas as conversas sobre o tratado entre o bloco europeu e os EUA.

A chegada de Trump ao poder impediu a aprovação do TTIP, cujas negociações começaram em 2013 com o objetivo de criar uma das maiores zonas de livre-comércio do mundo e assentar uma referência mundial com a aproximação da regulação europeia e da americana e a redução de tarifas.

Trump reiterou durante toda a entrevista coletiva sua oposição ao livre-comércio e agradeceu aos trabalhadores americanos que lhe puseram na Casa Branca.

Por sua parte, Merkel se manteve firme em sua defesa do livre-comércio, tentou manter vivo o tema do TTIP e disse estar "profundamente convencida" da necessidade de uma União Europeia unida, apesar do "Brexit", a saída do Reino Unido da UE.

Merkel chegou à reunião na Casa Branca respaldada pela vitória na Holanda do liberal Partido Popular pela Democracia e a Liberdade (VVD), do primeiro-ministro Mark Rutte, um triunfo que mostra, de acordo com Berlim, a importância de uma União Europeia unida e forte.

A vitória de Rutte dissipa o perigo do "Nexit" - versão holandesa do "Brexit" -, que era proposto pelo ultradireitista e xenofóbico Geert Wilders.

Nem a Casa Branca nem o Departamento de Estado se posicionaram por enquanto sobre os pleitos realizados na quarta-feira na Holanda, um evento que também não foi comentado por Trump hoje durante a entrevista coletiva.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos