Bloquear referendo sobre independência "fraturaria" Reino Unido, diz Sturgeon

Londres, 18 mar (EFE).- A primeira-ministra da Escócia, a nacionalista Nicola Sturgeon, advertiu neste sábado que bloquear um novo referendo de independência aprovado pelo parlamento autônomo da Escócia "fraturaria" o Reino Unido "além de qualquer possível reparação".

No fechamento do congresso de primavera do Partido Nacionalista Escocês (SNP), Sturgeon insistiu que promoverá um novo plebiscito, apesar de a primeira-ministra britânica, Theresa May, já ter se declarado contra a realização de uma consulta popular antes que sejam estabelecidos os termos da saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

A líder escocesa se mostrou aberta a dialogar sobre a datas de um referendo e ressaltou que vetá-lo totalmente minaria a "noção do Reino Unido como uma associação respeitosa entre iguais".

"Uma vez que estejam claros os termos do 'Brexit', mas quando ainda houver tempo para que os escoceses possam escolher, haverá um referendo de independência", declarou Sturgeon perante os militantes do SNP em Aberdeen (norte da Escócia).

Para a dirigente nacionalista, a saída do Reino Unido da UE e o mercado único comunitário justificam um segundo plebiscito, após o que foi realizado em setembro de 2014, no qual o 55,3% dos eleitores optaram por manter a atual estrutura do Estado.

"Durante meses tentei chegar a um entendimento com a primeira-ministra", afirmou Sturgeon, que garantiu que "tinha aceitado o fato de a Escócia ter que deixar a União Europeia junto com o Reino Unido", desde que se tentasse conservar a filiação ao mercado único.

O parlamento de Holyrood (Edimburgo) debaterá na próxima quarta-feira a proposta de elevar um pedido formal ao governo britânico para convocar um plebiscito.

Sturgeon afirmou que as "mudanças" que o "Brexit" trará consigo estão se "aproximando" e defendeu que os escoceses têm direito de "decidir que caminho querem seguir".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos