Governo dos EUA entrega ao Congresso dossiê sobre suposta espionagem a Trump

Em Washington

  • REUTERS/Jack Gruber

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos entregou nesta sexta-feira (17) um dossiê aos comitês de inteligência da Câmara dos Representantes e do Senado com informações sobre a suposta espionagem ao presidente Donald Trump por parte de seu antecessor, Barack Obama.

A informação foi confirmada pelo presidente do Comitê de Inteligência da Câmara dos Representantes, o republicano Devin Nunes, que disse estar "satisfeito" com a informação fornecida pelo governo sobre a "possível espionagem" a Trump e sua equipe.

Nunes disse ao Departamento de Justiça que ele voltou a descumprir o prazo de entrega de documentos - a previsão inicial era a última segunda-feira - e, se não apresentasse as provas, o comitê poderia convocar uma audiência para obter as informações.

O que não foi esclarecido por Nunes é se o conteúdo do dossiê entregue pelo Departamento de Justiça confirma ou não as acusações de Trump contra Obama, embora fontes legislativas citadas pela "CNN" tenham negado.

Em encontro, Trump diz que grampo de Obama o une a Merkel

O Congresso começará nos próximos dias suas primeiras audiências públicas sobre a suposta ingerência da Rússia nas eleições americanas e contatos da campanha republicana com o Kremlin. Nunes havia pedido ao governo, assim como às agências de inteligência americanas (CIA, NSA e FBI), que entregassem documentos sobre o caso antes do início das sessões.

No último dia 4, Trump acusou Obama de "grampear" as comunicações telefônicas da Trump Tower, em Nova York, durante a campanha eleitoral, algo que o ex-presidente negou, e pediu ao Congresso que investigasse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos