Netanyahu envia assessores a Washington para negociar assentamentos

Jerusalém, 19 mar (EFE).- O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, enviou neste domingo dois de seus assessores mais próximos a Washington para uma nova rodada de negociações com o governo dos Estados Unidos sobre a construção nos assentamentos judaicos.

Yoav Horowitz, chefe de gabinete do primeiro-ministro, e Yonatan Shechter, assessor diplomático, se somarão ao embaixador israelense em Washington, Ron Dermer, que lidera os contatos com o governo do presidente americano, Donald Trump, informa o portal de notícias "Ynet".

Israel quer chegar a um consenso com os EUA sobre a construção nos assentamentos judaicos em Jerusalém Oriental e na Cisjordânia (ocupados por Israel na Guerra dos Seis Dias de 1967), para que Washington não condene seus projetos.

A construção nos assentamentos judaicos no território palestino foi um dos fatores que mais estremeceram as relações entre Netanyahu e o ex-presidente americano Barack Obama.

Netanyahu quer agora estabelecer um consenso com Washington sobre onde e quanto construir, apesar da taxativa oposição dos palestinos e de outros membros da comunidade internacional, que consideram esta atividade completamente ilegal.

Israel pediu aos EUA permissão para construir no "perímetro municipal" dos assentamentos, enquanto Washington propõe que o assentamento seja feito na área já construída, ou seja, que as colônias não se expandam, indicou o "Ynet".

Os EUA também pedem um mecanismo de coordenação antes que Israel anuncie qualquer tipo de construção.

À frente das negociações está o enviado especial de Trump, Jason Greenblatt, que na semana passada se reuniu com Netanyahu em Jerusalém e com o presidente palestino, Mahmoud Abbas, em Ramala, para ter um primeiro contato contato.

O jornal "Yedioth Ahronoth" informou neste domingo que o chefe do governo israelense, que se encontra na China, viajará antes do fim do mês a Washington - em sua segunda visita à capital americana em mês e meio - para continuar as conversas na questão dos assentamentos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos