Londres designa novo chefe do centro de escutas do serviço secreto

Londres, 20 mar (EFE).- O ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, Boris Johnson, designou nesta segunda-feira Jeremy Fleming, até agora vice diretor-geral do serviço secreto MI5, como chefe do Centro de Comunicações do governo britânico (GCHQ), divisão da inteligência dedicada às escutas.

A nomeação de Fleming ocorre poucos dias depois que a Casa Branca levantou polêmica ao sugerir que o GCHQ ajudou a espionar o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante a campanha eleitoral de 2016.

O alto funcionário, "número dois" da agência de inteligência interna do Reino Unido desde 2013, substitui como diretor do centro de escutas Robert Hannigan, que renunciou no final de janeiro por motivos pessoais.

Fleming tomas as rédeas "em um momento no qual a experiência e o engenho da comunicação de inteligência britânica são críticos para defender o Reino Unido de ciberataques, conspirações terroristas e outras ameaças", afirmou Johnson em comunicado.

O conselheiro do governo em segurança nacional Mark Lyall afirmou, por sua vez, que o novo chefe do GCHQ foi eleito "entre um nutrido e competitivo grupo de candidatos".

"É um profissional da segurança nacional do mais alto nível, amplamente respeitado dentro da comunidade de inteligência, no Reino Unido e no exterior", descreveu Lyall.

Fleming agradeceu no comunicado o "grande privilégio de ter recebido o pedido para liderar" o centro de escutas.

"Esta organização conta com um distinto passado e desempenha um papel cada vez mais importante para manter o Reino Unido seguro na era digital", indicou.

O centro, integrado nos serviços secretos britânicos, é encarregado de "tramitar os riscos cibernéticos que apresentam algumas nações Estado, prevenir ataques terroristas, manter nossos filhos a salvo na internet e apoiar nossas forças armadas", descreveu o novo diretor.

"Os excepcionais homens e mulheres do GCHQ operam na nova frente de batalha dos desafios globais", afirmou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos