Itália convoca forças de segurança e inteligência após ataque de Londres

Roma, 22 mar (EFE).- O ministro do Interior da Itália, Marco Minniti, convocou as forças de segurança e os serviços de inteligência do país para a quinta-feira, após o atentado terrorista cometido em Londres nesta quarta-feira, às vésperas da cúpula europeia que será sediada em Roma no sábado.

O ministério informou em comunicado que a reunião de Minniti com o Comitê de Análise Estratégica e Antiterrorismo será realizado na sede do Ministério do Interior italiano, em Roma.

A reunião contará com a presença de representantes das forças policiais italianas e também dos serviços de inteligência, e o objetivo será "compartilhar informação para analisar a ameaça terrorista" na Itália.

No sábado, os 27 Estados-membros que permanecem na União Europeia (UE) após o "Brexit" participarão da cúpula comemorativa do 60º aniversário dos Tratados de Roma, que deram origem à União Europeia (UE).

Para o evento, Roma mobilizará um esquema de segurança que não permitirá o acesso de turistas ao Coliseu desde as 19h (hora local; 15h em Brasília) do 24 de março até 26 de março.

Também não será permitida a entrada ao Fórum Romano, ao Palatino e à Casa Dourada (Domus Aurea) - residência que o imperador Nero ordenou construir em Roma - durante o dia 25 de março.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos