Secretário de Defesa diz que não sabe quem "deve" aos EUA por bancar a Otan

Washington, 22 mar (EFE).- O secretário de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis, afirmou que não faz contas de quem deve dinheiro ao país pela contribuição extra dos americanos à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), após o presidente Donald Trump ter acusado a Alemanha de ter dívidas com a aliança.

"Não posso divulgar uma conta do dinheiro devido porque não é o que fazemos na Otan", afirmou Mattis em uma audiência de uma comissão do Senado sobre orçamentos de defesa.

Mattis também esclareceu que a Alemanha está cumprindo com seus compromissos com a Otan e que está no caminho adequado para atingir uma despesa em defesa equivalente a 2% de seu Produto Interno Bruto (PIB), um compromisso coletivo da aliança que a maior parte dos parceiros europeus não cumpre.

As declarações de Mattis ocorrem depois de Trump ter atacado a Alemanha logo depois de ter se reunido com a chanceler do país, Angela Merkel, na última sexta-feira.

"Tive uma grande reunião com a chanceler Angela Merkel. No entanto, Alemanha deve altas somas de dinheiro à Otan e os EUA devem ser pagos pela poderosa e muito cara defesa que fornece à Alemanha", afirmou Trump pelo Twitter no último sábado.

Alemanha abriga várias bases militares americanas e é um aliado-chave da Otan, apesar de não estar dentro do grupo que já gasta 2% do PIB em defesa na Europa. Apenas Reino Unido, Grécia, Estônia e Polônia cumprem a meta.

Mattis disse hoje que espera que outros quatro países cumpram esse compromisso no próximo ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos