Chanceleres do Mercosul se reúnem em Buenos Aires por situação da Venezuela

Buenos Aires, 1 abr (EFE).- Os chanceleres do Mercosul se reúnem neste sábado em Buenos Aires para analisar de forma "urgente" a situação institucional da Venezuela, poucas horas após a Corte Suprema de Justiça do país ter anunciado que se retrata na decisão de assumir as funções do parlamento.

"Agora: reunião de Chanceleres dos Estados-membros do Mercosul pela situação institucional da Venezuela", publicou a chanceler argentina, Susana Malcorra, em mensagem em sua conta na rede social Twitter acompanhada de um vídeo ao vivo do encontro, que conta com autoridades dos países integrantes do bloco (Argentina, Paraguai, Uruguai e Brasil).

Os quatro chanceleres decidiram convocar a reunião na sexta-feira, após a Corte venezuelana ter decidido na quarta-feira que assumiria as competências da Assembleia Nacional (AN, parlamento), de maioria opositora, devido à persistência do "desacato", um status que o Poder Judiciário impôs à câmara pelo descumprimento de várias sentenças.

No entanto, após a pressão da oposição e dos organismos internacionais, o TSJ anunciou neste sábado que retificava sua decisão, depois que o presidente Nicolás Maduro pediu a revisão da sentença.

Após a reunião, Malcorra concederá uma entrevista coletiva na sede da Chancelaria da Venezuela, que exerce a presidência temporária do Mercosul.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos