ONU reivindica igualdade de oportunidades para as pessoas com autismo

Nações Unidas, 2 abr (EFE).- O secretário-geral da ONU, António Guterres, reivindicou neste domingo o reconhecimento dos direitos como cidadãos das pessoas com autismo para fazer efetiva sua igualdade de oportunidades com o resto da sociedade.

"Vamos todos ajudar a mudar as atitudes relacionadas a pessoas com autismo e a reconhecer seus direitos como cidadãos", escreveu Guterres em comunicado por ocasião da celebração do Dia Mundial de Conscientização sobre esse transtorno neurológico.

Neste sentido, lembrou que "igualmente como os os demais", as pessoas com autismo têm "direito a reivindicar esses direitos e a tomar decisões sobre sua vida de acordo com seus próprios desejos e preferências".

O secretário-geral pediu a renovação do compromisso da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável para evitar "que ninguém fique para trás" e assegurar que todos "possam contribuir como membros ativos a formar sociedades pacíficas e prósperas".

Além disso, se referiu à Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Incapacidade para reiterar que a capacidade jurídica e o igual reconhecimento como pessoas perante a lei são direitos inerentes das pessoas com autismo.

Guterres fez uma chamada a pôr à disposição das pessoas com autismo as facilidades e o apoio necessários no exercício desses direitos e de sua liberdade de decisão.

Desta maneira, afirmou, "estarão empoderadas para fazer frente às principais decisões da vida", como onde e com quem desejam viver, se querem se casar e começar uma família, que tipo de trabalho desejam desenvolver, e como tramitar suas finanças pessoais.

"Quando gozem de igualdade de oportunidades para ser auto-suficientes e tomar suas próprias decisões, as pessoas com autismo estarão empoderadas para contribuir de maneira mais intensa e positiva a nosso futuro comum", concluiu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos