Putin fala de terrorismo como causa das explosões em São Petersburgo

Moscou, 3 abr (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta segunda-feira que a principal hipótese sobre as causas das explosões ocorridas no metrô de São Petersburgo é terrorismo.

"Naturalmente, sempre analisamos todas as possibilidades, acidental, criminal e, claro, de caráter terrorista", afirmou Putin.

O líder do Kremlin fez estas declarações precisamente em São Petersburgo, onde acabava de iniciar uma reunião com seu colega de Belarus, Alexander Lukashenko.

"Veremos, a investigação dará em breve uma resposta sobre o que ocorreu nsta tragédia", acrescentou Putin.

Segundo os últimos dados, pelo menos dez pessoas morreram e 50 ficaram feridas por duas explosões em distintas estações do metrô da segunda maior cidade russa.

O presidente expressou suas condolências às famílias das vítimas e os desejos de recuperação aos feridos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos