Sobe para 262 o número de mortos nas enchentes na Colômbia

Bogotá, 3 abr (EFE).- O número de mortos nas enchentes que destruíram na madrugada do sábado vários bairros de Mocoa, capital do departamento do Putumayo, no sul da Colômbia, subiu para 262, de acordo com a União Nacional para a Gestão do Risco de Desastres (UNGRD).

"De acordo com o último relatório, o número de pessoas falecidas é de 262, assim como 262 pessoas feridas. Elas já foram atendidas e os casos mais graves (68) foram encaminhados a hospitais de Neiva, Popayán e Bogotá", informou a UNGRD em comunicado.

O Instituto Médico Legal e a Promotoria já iniciaram a entrega de corpos identificados.

"Foram realizadas 108 necropsias, até o momento. Conseguimos identificar 45 pessoas pelas impressões digitais. Entregamos 34 corpos", afirmou o diretor de Medicina Legal, Carlos Eduardo Valdés.

Segundo o UNGRD, os serviços funerários serão cobertos pelo governo nacional conforme à ordem presidencial.

O desastre natural no sul da Colômbia foi ocasionado pelo transbordamento dos Rios Mocoa, Sangoyaco e Mulatos, que passam pela cidade e que fora do seu leito arrasaram vários bairros por conta das fortes chuvas que caíram na cidade na noite da última sexta-feira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos