Ataques do EI na cidade de Tikrit, no Iraque, deixam pelo menos 35 mortos

Bagdá, 5 abr (EFE).- Pelo menos 35 pessoas morreram e outras 28 ficaram feridas nesta quarta-feira após uma série de ataques do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na cidade de Tikrit, no Iraque, a 150 quilômetros de Bagdá, informou à Agência Efe uma fonte de segurança.

Os ataques foram ocorreram na madrugada no bairro de Al Zuhur, em Tikrit, capital da província de Saladino, e a maior parte das vítimas é de civil, embora também há alguns policiais, segundo a fonte.

Além disso, cinco supostos terroristas morreram nessas ações, três deles em troca de tiros com a polícia e outros dois detonaram cinturões explosivos diante do cerco das forças de segurança.

O ataque começou por volta da meia noite (hora local), quando os terroristas, vestidos com uniforme militar, dispararam contra um posto de controle da polícia, em Al Zuhur.

Após os confrontos com os agentes, o grupo atacou a casa de um oficial da polícia, perto do posto de controle, e depois invadiram várias casas de civis.

Durante a madrugada, as forças de segurança conseguiram impor um cerco ao bairro, matando três dos jihadistas, enquanto outros dois se suicidaram.

A situação estava sob controle na parte da manhã, embora as autoridades decretaram um toque de recolher e o governador de Saladino, Ahmed al Yaburi, decretou um dia de folga para as escolas e funcionários públicos e pediu aos cidadãos que colaborem com as forças de segurança.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos