Clérigo conservador anuncia candidatura à presidência do Irã

Teerã, 6 abr (EFE).- O clérigo Ebrahim Raisi, uma importante figura dos conservadores iranianos, anunciou nesta quinta-feira que será candidato nas eleições presidenciais de 19 de maio, nas quais o atual líder, Hassan Rohani, tentará a reeleição.

O representante de Raisi, Soulat Mortazavi, explicou que o clérigo aceitou concorrer à presidência após receber vários pedidos, informaram os veículos de comunicação oficiais iranianos.

Mortazavi fez estas declarações durante a segunda reunião da assembleia nacional da Frente Popular das Forças da Revolução Islâmica.

Nesta segunda reunião, os presentes elegeram cinco candidatos finalistas entre os selecionados no primeiro encontro, realizado em fevereiro.

Raisi, que é próximo ao líder supremo, Ali Khamenei, e custodiante do Mausoléu de Imam Reza, na cidade santa de Mashhad, conseguiu o maior número de votos, 2.147.

Entre os outros escolhidos estavam o prefeito de Teerã, Mohammad Bagher Qalibaf, que, no entanto, anunciou ontem que não está interessado em participar como candidato nas eleições presidenciais.

A política iraniana está basicamente dividida em dois campos: os conservadores (chamados principalistas) e os reformistas, que ao que tudo indica devem ser representados apenas Rohani nas eleições.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos