Turquia afirma que agente químico usado no ataque na Síria é gás sarin

Istambul, 6 abr (EFE).- O agente químico utilizado no ataque contra a cidade de Khan Shaykhun no noroeste da Síria na terça-feira é gás sarin, afirmou nesta quinta-feira o Ministério da Saúde turco em comunicado.

"Segundo os primeiros resultados das análises, foram detectados nos pacientes sintomas que fazem pensar que estiveram expostos a substâncias químicas (sarin)", precisa o texto, ao descrever os resultados das autópsias em três pacientes mortos na Turquia.

Um total de 31 feridos no ataque foram transferidos desde Khan Shaykhun, na região de Idlib, a hospitais turcos na província fronteiriça de Hatay, e "três deles, que estavam gravemente feridos, perderam a vida", afirma o comunicado, disponível no site do Ministério.

Horas antes, o ministro da Justiça turco, Bekir Bozdag, afirmou que a autópsia demonstrava o uso de armas químicas, mas não tinha especificado a substância usada.

"A autópsia foi realizada na presença de autoridades da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização para a Proibição das Armas Químicas (OPAQ)", ressalta o comunicado, agregando que a OPAQ levará amostras das vítimas a Haia, onde tem sua sede, para analisá-las na cidade.

"A primeira descoberta na autópsia mostra edemas no pulmão, aumento do peso do pulmão e hemorragias no pulmão. Esta constatação faz pensar que os ferimentos estão relacionados com o uso de armas químicas", conclui o texto.

Um médico sírio, Sakher al Daiu, que atendeu os feridos em um hospital próximo a Khan Shaykhun, já havia antecipado ontem à Agência Efe em conversa telefônica que se tratava provavelmente de gás sarin, dados os sintomas que apresentavam os afetados.

O governo turco condenou ontem o massacre, que atribuiu de forma expressa às forças do regime do presidente sírio, Bashar al-Assad, embora estas tenham negado o envolvimento e acusados os rebeldes. EFE

++iut++/++wr++/++fpa++

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos