Cruz Vermelha diz que Síria vive agora "conflito armado internacional"

Genebra, 7 abr (EFE).- O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICR) afirmou nesta sexta-feira que o conflito na Síria se converteu em um "conflito armado internacional" após o ataque dos EUA contra a base aérea de Shayrat.

"Qualquer intervenção militar de um país no território de outro Estado sem seu consentimento é um conflito armado internacional", confirmou à Agência Efe um porta-voz do CICR desde Amã.

Por isso, o ataque dos EUA à base aérea do Exército sírio supõe um conflito armado internacional, apontou por telefone Ralph El Hage, porta-voz regional para Oriente Médio.

Até agora tratava-se de um conflito armado interno, mas, independente de ser internacional, ou não, deve ser aplicada a Convenção de Genebra relativa à proteção das pessoas civis em tempos de guerra, disse o porta-voz.

"Os princípios humanitários continuam sendo os mesmos: os países devem tomar todas as medidas possíveis para evitar ataques e danos à população e infra-estruturas civis", recalcou.

O porta-voz do CICR lembrou que o desenvolvimento, a produção, o armazenamento e o uso de armas químicas estão "absolutamente proibidos", de acordo com o direito internacional.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos