Síria afirma que 9 civis morreram em bombardeio americano

Damasco, 7 abr (EFE).- Pelo menos nove civis, entre eles quatro crianças, morreram nesta sexta-feira e outros sete ficaram feridos no bombardeio americano contra uma base militar síria, informou a agência oficial "Sana".

As vítimas civis estavam nos povoados de Al Hamrat, Al Shayrat e Al Manzul, situados nos arredores da base área de Shayrat, atacada pelos EUA.

A "Sana" acrescentou que o ataque também causou uma grande destruição nas casas desses povoados da província de Homs, segundo fontes civis consultadas pela agência oficial.

Em Ao Shayrat caíram dois mísseis Tomahawk que provocaram a morte de cinco civis, entre eles três crianças, enquanto em Al Hamrat, morreram outras quatro pessoas, entre eles um menor, pelo impacto de um míssil, segundo a agência.

Na cidade de Al Manzul, que fica a quatro quilômetros da base aérea, sete pessoas ficaram feridas, segundo a fonte.

O Exército sírio confirmou que seis militares morreram no ataque, mas o Observatório Sírio de Direitos Humanos elevou o número de vítimas militares a sete, incluindo um comandante.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos