Assad acredita que EUA fracassaram em seu objetivo após ataque à Síria

Cairo, 9 abr (EFE).- O presidente da Síria, Bashar al Assad, considerou neste domingo que os Estados Unidos fracassaram em seu objetivo de elevar a moral dos "terroristas" que apoiam na Síria, com seu ataque contra a base aérea de Shayrat no país árabe.

Segundo um comunicado da presidência síria, o governante fez essas declarações durante uma conversa telefônica com seu colega iraniano, Hassan Rohani.

Para Assad, Washington não atingiu sua meta principal com o ataque de sexta-feira que, segundo o presidente sírio, serviria para elevar a moral dos "grupos terroristas que os americanos apoiam, depois das vitórias conseguidas pelo Exército Árabe Sírio".

Assad reiterou que tanto o povo como as forças armadas sírias estão determinados a eliminar o terrorismo de todo o país.

Rohani, por sua vez, condenou categoricamente "a agressão flagrante dos EUA contra a soberania da Síria e a lei internacional".

O líder persa destacou que o Irã permanece ao lado do Estado sírio na guerra contra o terrorismo e nas iniciativas para buscar uma solução política para o conflito, que leve ao fim do derramamento de sangue sírio.

Há dois dias, os Estados Unidos atacaram com 59 mísseis Tomahawk a base síria de Shayrat, de onde supostamente decolaram os aviões que realizaram os ataques aéreos com armas químicas contra a localidade de Khan Sheikhoun, onde pelo menos 87 pessoas morreram, de acordo com os dados oferecidos pelo Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos