Sobe para 22 o número de mortos em atentado contra igreja copta no Egito

(Aumenta o número de vítimas e acrescenta informações).

Cairo, 9 abr (EFE).- Pelo menos 22 pessoas morreram neste domingo e outras 41 ficaram feridas pela explosão de uma bomba dentro de uma igreja copta na cidade de Tanta, no Egito, situada 120 quilômetros ao norte da capital Cairo, informaram à Agência Efe fontes de segurança e do Ministério da Saúde.

A explosão surpreendeu os fiéis dentro do templo de Mar Guergues (São Jorge, em árabe) coincidindo com as comemorações do Domingo de Ramos, que marca o começo da Semana Santa.

O porta-voz do ministério da Saúde, Jaled Mugahed, declarou à televisão estatal egípcia que os hospitais de Tanta receberam, até agora, 21 corpos e 59 feridos.

Em declarações à emissora privada "On TV", o premiê egípcio, Sherif Ismael, condenou o ocorrido e mostrou a determinação do governo para acabar com o terrorismo no país.

"Trata-se de um ato terrorista impiedoso, mas erradicaremos o terrorismo do Egito e temos a determinação para acabar com os grupos terroristas", disse o premiê.

A minoria cristã copta celebra hoje no Egito o Domingo de Ramos, que marca o início da Semana Santa.

Fontes de segurança e da Defesa Civil disseram à Efe que a polícia isolou o local e o que esquadrão antibombas está na área para buscar outros possíveis artefatos.

O atentado acontece 20 dias antes da visita do papa Francisco ao Egito, que está marcada para os próximos dias 28 e 29 de abril, a primeira viagem do pontífice argentino ao Oriente Médio.

No dia 11 de dezembro, 28 fiéis da minoria cristã copta morreram em um atentado cometido por um suicida contra uma igreja situada próxima da catedral do Cairo, no bairro de Abbassiya.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos