Ataque do Al Shabab em base militar da Somália deixa pelo menos 10 mortos

Mogadíscio, 10 abr (EFE).- Pelo menos 10 pessoas morreram nesta segunda-feira e outras 15 ficaram feridas em um ataque perpetrado pelo grupo terrorista Al Shabab em uma base militar em Mogadíscio, capital de Somália, informaram meios locais.

Vários testemunhas relataram que um homem vestido com uniforme militar entrou no acampamento, situado no distrito de Wadajir, onde posteriormente perpetrou o ataque.

Embora as autoridades ainda não tenham proporcionado uma cifra oficial de vítimas, fontes locais citadas pelo portal de notícias "Shabelle" apontaram que são mais de 10, enquanto que os feridos já foram levados a um hospital da capital.

O Al Shabab, que anunciou em 2012 sua adesão formal à Al Qaeda e luta por instaurar um estado islâmico de corte wahabí na Somália, reivindicou a autoria do ataque, assegurando ter matado mais de 25 pessoas.

Nos últimos meses, os terroristas optaram por uma estratégia de confronto direto e lançaram vários ataques contra bases militares da missão da União Africana na Somália (AMISOM), o que causou a morte de centenas de soldados.

Além disso, dezenas de civis morreram em ataques perpetrados contra hotéis e restaurantes da capital, que se tornaram alvo constante do grupo terrorista.

Nos últimos dias, os ataques se intensificaram, especialmente depois que na semana passada o presidente somalí, Mohamed Abdullahi " Farmaajo ", declarou "estado de guerra" para acabar com o Al Shabab e ofereceu anistia aos terroristas.

Ontem, pelo menos 15 pessoas morreram em Mogadíscio após a colisão de um carro-bomba contra um comboio militar, no qual viajava o novo chefe do Estado Maior somalí, Ahmed Mohamed Irfiid, que conseguiu sobreviver.

Na quinta-feira, outras 17 pessoas, entre elas cinco meninos, que viajavam em um microônibus morreram após a explosão de uma bomba na região de Lower Shabelle, no sul.

Apesar dos esforços do Exército somalí e das tropas da Missão da União Africana em Somália (AMISOM), o Al Shabab continua tendo capacidade para efetuar ações a grande escala tanto dentro como fora do país, segundo um recente relatório da ONU.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos