Jihadistas do Abu Sayyaf e soldado filipino morrem em combates nas Filipinas

Manila, 11 abr (EFE).- Quatro supostos membros do grupo jihadista Abu Sayyaf, simpatizante do Estado Islâmico (EI), e um soldado filipino morreram nesta terça-feira em um confronto na ilha de Bohol, na região central das Filipinas.

A luta entre os soldados, que receberam reforços da Marinha e da Força Aérea filipina, e o grupo armado continua, pelo que o número de baixas pode aumentar, segundo as Forças Armadas em um comunicado.

O exército lançou uma operação depois que as testemunhas denunciaram a presença de uma dezena de homens armados a bordo de três lanchas em um rio próximo a Inanbanga, localidade situada no norte de Bohol.

O diretor-geral da Polícia Nacional, Ronald dela Rosa, confirmou à imprensa em Manila a morte de um soldado filipino, enquanto que o porta-voz das Forças Armadas, Restituto Padilla, corroborou as quatro baixas sofridas por essa organização jihadista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos