Abbas diz que viagem do papa ao Egito é exemplo de "coragem" e "justiça"

Jerusalém, 12 abr (EFE).- O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, afirmou acreditar que a próxima viagem do papa Francisco ao Egito é um exemplo de "coragem", reflexo do seu "compromisso com a Justiça e a paz".

"Estamos satisfeitos em saber que o senhor continua com a visita programada ao Egito, inclusive depois dos brutais ataques terroristas contra duas igrejas em Tanta e Alexandria que mataram dezenas de pessoas no Domingo de Ramos", disse Abbas, conforme uma carta escrita ao pontífice e divulgada nesta quarta-feira em Jerusalém.

No texto, entregue a Francisco pelo embaixador palestino no Vaticano, Issa Kassissieh, ele afirmou que "este é um passo corajoso que reflete o compromisso para a concretização da Justiça e da paz" e que "alenta as vozes moderadas em todo o mundo, especialmente em nossa região".

Francisco deve visitar o Cairo nos dias 28 e 29 deste mês em resposta ao convite do papa copto, Tawadros II; do grande imã de Al-Azhar, xeque Ahmed el-Tayeb; e do governo egípcio.

Os atentados do domingo passado, que causaram pelo menos 46 mortes e mais de 100 feridos, inicialmente colocaram em dúvida a viagem papal. Ontem, o Vaticano confirmou que o plano estava mantido.

Abbas, que hoje terminou uma visita ao Bahrein, disse ter esperança em que esta decisão "leve uma mensagem de esperança ao povo egípcio, bem como a todos os povos árabes e africanos".

"Acreditamos firmemente em suas simples, mas poderosas palavras de que 'o amor é mais forte do que o mal'", escreveu o líder palestino.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos