Erdogan diz que o referendo é histórico e decidirá o futuro de Turquia

Ancara, 16 abr (EFE).- O chefe de Estado de Turquia, Recep Tayyip Erdogan, disse neste domingo que o referendo para instaurar um sistema presidencial é histórico e que a mudança servirá para acelerar o desenvolvimento e definir seu futuro.

"O referendo de hoje não é um qualquer, é um dos mais importantes em nossa História", declarou Erdogan após votar em Istambul.

Erdogan, o grande impulsor da reforma, sustentou que o modelo presidencialista aceleraria o desenvolvimento do país e equiparou a mudança com atingir os objetivos de Mustafa Kemal Atatürk, o fundador da moderna república laica.

"Com esta mudança nosso povo decidirá por um salto em seu desenvolvimento. Temos que fazer uma eleição fora do comum para atingir o objetivo de Mustafa Kemal Atatürk de alcançar as civilizações contemporâneas", acrescentou o político islamita.

Erdogan previu que haverá uma alta participação e que quando as urnas forem abertas esta noite a Turquia caminhará "para o futuro".

O líder do opositor Partido Republicano do Povo (CHP, social democrata), Kemal Kiliçdaroglu, confiou, por sua parte, em uma vitória do "não" em breve declaração após votar.

"Tivemos uma boa campanha. Estamos votando o destino da Turquia. Estou contente e confio em que tenhamos um bom resultado e então tratemos de solucionar os problemas do país", disse.

A Turquia decide hoje em consulta popular se substitui seu modelo parlamentar por um presidencial com vastos poderes e cujo resultado determinará o modelo político do país e redefinirá suas relações com a União Europeia (UE).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos