Suposto bombardeio da coalizão na Síria mata pelo menos oito civis

Cairo, 16 abr (EFE).- Pelo menos oito civis morreram na noite de sábado em um suposto bombardeio de aviões da coalizão internacional, liderada pelos EUA, contra o povoado de Al Sukari, no nordeste da Síria, informou neste domingo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG destacou que entre os mortos há menores de idade e precisou que o povo da Al Sukari está perto da cidade da Al-Bukamal, sob o controle do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) e fronteiriço com Iraque.

Com estas vítimas, aumenta para 15 o número mortos ontem na província síria de Deir ez-Zor, onde se localiza Al Sukari.

Além dos 8 mortos nesse povoado, pelo menos sete civis, dos quais 4 eram menores, perderam a vida no sábado por disparos de projéteis de artilharia por parte do EI contra o bairro de Harabesh, na cidade de Deir ez-Zor, capital da província homônima.

Os extremistas controlam quase toda a província de Deir ez-Zor, menos alguns distritos de sua capital e o aeroporto militar, que estão em poder do exército sírio.

A coalizão bombardeia posições dos radicais no território sírio desde 23 de setembro de 2014 e atualmente oferece cobertura aérea às operações terrestres das Forças de Síria Democrática (FSD), uma aliança liderada por milícias curdas, contra o EI na província da Ar-Raqqah, vizinha a Deir ez-Zor.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos