Unicef confirma morte de mais de 60 menores no atentado de Síria

Cairo, 16 abr (EFE).- O diretor-executivo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Anthony Lake, confirmou neste domingo que mais de 60 menores de idade morreram ontem em um atentado contra um comboio de evacuados na província síria de Alepo.

Em um comunicado, Lake descreveu como "um horror que deve quebrar o coração de qualquer um que tenha coração" o ataque de ontem na área de El Rashidin, ao oeste da cidade de Alepo.

Lake lembrou que os menores morreram em um ataque contra uma caravana de ônibus que transportavam famílias que "há muito tempo sabiam o que é sofrer".

"Agora, os sobreviventes devem suportar uma nova e terrível perda", acrescentou.

"Disto não devemos tirar apenas ira, senão uma determinação renovada para alcançar todos os menores inocentes de Síria com ajuda e consolo", declarou Lake.

Pelo menos 126 pessoas, entre elas 68 menores de idade, morreram ontem em El Rashidin na explosão de um carro-bomba próximo a um grupo de ônibus de evacuados procedentes dos povoados de maioria xiita de Fua e Kefraya, situados na província de Idlib, de acordo com a apuração do Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos