EUA avaliam necessidade de modernização de arsenal nuclear

Washington, 17 abr (EFE).- Os Estados Unidos anunciaram nesta segunda-feira que começaram a revisar seu sistema de dissuasão nuclear para determinar as necessidades de modernização de seu arsenal, tal como ordenou o presidente americano, Donald Trump.

Em um comunicado, a porta-voz do Pentágono, Dana White, assegurou que o secretário de Defesa, James Mattis, pediu o início da avaliação do arsenal nuclear com a cooperação de várias agências federais.

Espera-se que as conclusões sejam transmitidas ao presidente no final do ano.

A equipe que analisará as necessidades de modernização do arsenal nuclear e a estratégia de dissuasão de outras potências nucleares será liderada pelo subsecretário de Defesa, Bob Work, e o segundo chefe do Estado Maior Conjunto, o general Paul J. Selva.

No último dia 27 de janeiro, Trump pediu por meio de uma ordem executiva a avaliação da necessidade de modernizar o arsenal nuclear dos EUA para assegurar que o poder de dissuasão seja mantido, que os tempos de resposta sejam adequados e para ver se os mísseis continuam sendo seguros e adaptados às necessidades do século XXI.

Os EUA mantêm seu poder nuclear com vários mísseis nucleares em seu território, mediante uma frota de bombardeiros estratégicos e submarinos nucleares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos