Corbyn celebra anúncio de eleições antecipadas no Reino Unido

Londres, 18 abr (EFE).- O líder do Partido Trabalhista britânico, o esquerdista Jeremy Corbyn, celebrou nesta terça-feira o inesperado anúncio feito pela primeira-ministra, Theresa May, de convocar eleições gerais antecipadas para 8 de junho.

Em um comunicado, o político expressou sua satisfação depois que a primeira-ministra "deu chance aos britânicos de votar em um Governo que anteponha os interesses da maioria".

"O trabalhismo oferecerá ao país uma alternativa a um Governo que fracassou na hora de reconstruir a economia, que provocou queda na qualidade de vida e realizou recortes em nossos colégios e nosso sistema público de saúde", apontou Corbyn após conhecer o anúncio de May.

Na nota, o dirigente trabalhista lembrou que "nas últimas duas semanas, o trabalhismo detalhou as políticas que oferecem uma opção clara para o país ".

"Temos vontade de mostrar como o trabalhismo defenderá os cidadãos do Reino Unido", remarcou.

Em seu anúncio prévio, a primeira-ministra explicou que tinha chegado à conclusão, com reticências, que tinha que convocar eleições antecipadas a fim de que o Reino Unido possa contar com uma liderança estável perante as próximas negociações sobre a saída do país da União Europeia (UE).

"Cheguei à conclusão de que a única maneira de garantir certeza e segurança nos próximos anos é com a convocação de eleições", apontou May, que há algumas semanas tinha descartado antecipar eleições britânicas.

Além disso, May também acusou o trabalhismo de ameaçar votar contra o acordo final entre Reino Unido e o bloco europeu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos