EUA afirmam que "governo de Maduro está violando sua própria Constituição"

Washington, 19 abr (EFE).- O secretário de Estado dos Estados Unidos, Rex Tillerson, afirmou nesta quarta-feira que o governo de Nicolás Maduro na Venezuela "está violando sua própria Constituição".

"Estamos preocupados porque o governo de Maduro está violando sua própria Constituição e não está permitindo que as vozes da oposição sejam escutadas", disse o chefe da diplomacia americana em uma entrevista coletiva no Departamento de Estado dos EUA.

Tillerson acrescentou que o governo venezuelano também está "impedindo o direito à organização, de maneira que os cidadãos possam expressar seus pontos de vista".

"Sim, estamos preocupados com a situação, estamos acompanhando de perto e trabalhando com outros, particularmente através da OEA (Organização dos Estados Americanos), para comunicar-lhes estas preocupações", declarou o secretário de Estado americano.

Tillerson não se referiu, no entanto, às reiteradas acusações de Maduro de que o governo de Donald Trump está organizando um golpe de Estado contra o chavismo, e se limitou a reiterar a preocupação dos EUA com a situação.

Por sua parte, o representante interino dos EUA na OEA, Kevin Sullivan, rejeitou a acusação "infundada" de Caracas durante o Conselho Permanente que está sendo realizado hoje na sede do organismo interamericano.

Hoje estão sendo realizadas na Venezuela tanto marchas opositoras que pedem eleições antecipadas como passeatas chavistas em defesa do governo de Maduro, manifestações nas quais já se contabilizaram pelo menos duas mortes nos choques com as forças da ordem.

As tensões entre governo e oposição são cada vez mais fortes na Venezuela, especialmente após a decisão do Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) de assumir as funções da Assembleia Nacional (Legislativo), embora esta sentença tenha sido suprimida posteriormente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos